Taxista pode ser MEI

O taxista pode ser MEI (microempreendedor individual). Sim, uma forma de ter mais autonomia e segurança enquanto trabalha em uma das profissões mais tradicionais do mercado é virar um microempreendedor individual.

A profissão de taxista é marcada por seu trabalho árduo. Sem hora para voltar pra casa, esses profissionais  estão diariamente nas ruas transportando as pessoas com segurança. 

Segundo a pesquisa “Transporte Particular Alternativo”, realizada pela eCGlobal Solutions em parceria com a eCMetrics em 2015, 80% dos entrevistados utilizavam serviço de táxi. Destes, 78% julgavam o atendimento agradável ou muito agradável. Apesar disso, a pesquisa também mostra a grande aceitação dos usuários em relação ao Uber. 81% dos entrevistados utilizavam a plataforma também e 95% deles estavam satisfeitos com o serviço.

Por isso, muitos trabalhadores estão se modernizando e vendo sua profissão como um negócio. Aliás, muitos querem ser donos do próprio negócio.

Assim, muitos taxistas buscam essa profissão visando uma forma de ter mais liberdade no seu trabalho, sem patrões ou algum tipo de vínculo empregatício. No entanto, ao tomar essa decisão, eles acabam abrindo mão de algumas vantagens como auxílio doença, aposentadoria, pensão por morte para a família, etc.

É por isso que se tornar um MEI é uma excelente oportunidade. Assim, os taxistas continuam tendo a sua tão desejada autonomia enquanto garantem seus direitos.

Além disso, ao se tornar um microempreendedor individual, o taxista tem facilidade na obtenção no CNPJ. Assim, garante benefícios, como por exemplo, descontos na compra de veículos.

Sendo um MEI, o taxista tem direito a outras vantagens como planos previdenciários pelo INSS com custo mensal fixo. Também garante facilidade em pedidos de empréstimo e isenção de impostos federais como imposto de renda, PIS, Cofins e CSLL.

E o mais importante, sendo um MEI, você garante o direito de emitir notas fiscais. Isso é essencial para você que é taxista e trabalha fazendo corridas para uma empresa.

Desconto no IPI

Uma preocupação recorrente entre os taxistas que querem virar MEI é perder a isenção em impostos de produtos industrializados. Porém, não tem o que se preocupar.

A instrução normativa nº 1.368, publicada em junho de 2013 no Diário Oficial da União, garante aos taxistas MEI a isenção no IPI. Dessa forma, os taxistas MEI têm o benefício de comprar carros com desconto.

Como um taxista pode ser mei

O microempreendedor individual deve ter um faturamento de no máximo 81 mil reais por ano. 

Para se tornar um MEI, basta entrar no site portal do empreendedor e fazer todo o processo de forma gratuito.

As vantagens de ser um taxista empreendedor são enormes. Afinal de contas, além dos descontos em impostos e produtos, você começa a ser o dono do seu negócio. 

Atualização: Noticiamos que o valor máximo do faturamento de um microempreendedor individual deve ser 60 mil reais por mês. Na verdade o valor é de 81 mil reais por ano.