Por que o taxista deve saber falar inglês ou espanhol. Descubra como aprender mais rápido

Falar inglês, espanhol ou outra língua diferente do português costuma ser diferencial para muitas profissões. Para algumas delas, nem se trata mais de um diferencial, mas de um requisito essencial para se desempenhar a atividade com competência.

O inglês e o espanhol são os idiomas cujo aprendizado é mais recomendado, já que boa parte do mundo fala essas línguas, seja como língua materna, seja como segunda língua.

Mas aqui no Brasil… Será que falar inglês é realmente importante para o taxista? Será que isso faz alguma diferença em suas atividades? Se sim, quais são, de fato, os ganhos e benefícios identificados e quase que exclusivos para quem domina esses idiomas? Vamos explorar mais esse tema nas linhas abaixo e, em seguida, sugerir alguns caminhos para que o aprendizado seja facilitado.

Falar inglês ou espanhol é importante para o taxista?

Falar inglês ou espanhol é diferencial para muitos profissionais e isso é especialmente crítico para os taxistas.

Isso ocorre porque muitos profissionais são resistentes, não querem sair da zona de conforto em que se encontram. Voltar para a sala de aula é algo especialmente difícil e complicado. Muitos estão acomodados em suas rotinas e não querem “perder tempo” adquirindo novos conhecimentos, mesmo que seja para o seu próprio bem.

É exatamente aí que mora a oportunidade para os mais esforçados! O profissional que fala inglês ou espanhol se diferencia, e uma nova gama de oportunidades se abre a sua frente…

Se você ainda não está totalmente convencido disso, vamos lhe apresentar três motivos simples para que você, taxista, aprenda novos idiomas o quanto antes.

1 – Falar inglês ou espanhol o torna verdadeiramente indispensável ao cliente

Imagine que você acabou de chegar em um país novo, sem conhecer quase nada sobre a sua língua e sobre o lugar. Você estava se sentindo perdido e encontra um taxista que fala a sua língua, é atencioso e solícito e lhe ajuda a chegar ao seu destino sem maiores transtornos. Concorda que este taxista tem grandes chances de se tornar indispensável para você? Concorda que novos negócios e corridas podem surgir desde primeiro contato?

2 – Quem fala inglês ou espanhol ganha mais e pega as melhores corridas

Como se não bastasse, as melhores corridas costumam ficar com o profissional que mais entende o cliente. Quem compreende as suas expectativas e anseios sai na frente. Se você sabe falar a língua dele, fica bem mais fácil estabelecer a comunicação e dar vida longa ao relacionamento cliente-prestador de serviços. Estamos corretos?
Se é assim que funciona, ganhar mais será uma consequência quase que natural para quem se esforça mais e está imbuído no propósito de atender o seu passageiro com elevado grau de qualidade.

3 – Fale inglês ou espanhol, ajude turistas e desenvolva uma rede de contatos de nível global

Por fim, como não poderia deixar de ser, é comum que passageiros e taxistas desenvolvam algum grau de amizade quando as corridas se tornam mais regulares ou frequentes. Se você fala inglês ou espanhol, terá uma chance ímpar de ajudar turistas e ter amigos espalhados pelos quatro cantos do planeta. Isso não é incrível?

Dicas para aprender e falar inglês ou espanhol no trabalho, sem ter que ficar anos no cursinho.

Diante de tudo o que vimos até aqui, talvez você esteja se perguntando: mas existe um jeito mais eficiente para aprender a falar inglês ou espanhol sem ter que ficar anos em um curso de idiomas?

Sim, é possível. O segredo que talvez ninguém tenha lhe contado é que você não precisa ter domínio absoluto desses idiomas. Do mesmo modo, você não precisa ser um expert em línguas e passar de 5 a 10 anos da sua vida estudando isso.

Assim sendo, você não precisa frequentar um curso generalista, mas sim, um curso específico que lhe permita se comunicar com os passageiros em situações concretas da sua rotina profissional.

Além disso, procure praticar lendo revistas, livros e artigos em sites estrangeiros, assista a filmes nestes idiomas, e converse com pessoas fluentes. Tudo isso pode lhe ajudar muito!

Depois de tudo o que vimos até aqui, podemos concluir que falar inglês ou espanhol irá lhe ajudar em sua profissão como taxista, mas os efeitos do aprendizado de uma nova língua costumam ser muito mais amplos do que isso e são para toda a vida. Vá em frente e nunca desista de aprender cada vez mais!